International Tyre Business B.V.

Perfil da Empresa

De colector a especialista em carcaças de pneus

A International Tyre Business foi fundada em 1989 por Peter Zendman. Desde então, a ITB tornou-se num nome internacional na área de gestão de carcaças de pneus. Graças à experiência obtida durante muitos anos, e em combinação com melhoramentos técnicos contínuos na avaliação de pneus removidos, a ITB tornou-se numa empresa única e líder de mercado na área da gestão da qualidade de carcaças de pneus.

images/pagina/banden.jpg

Ao longo dos anos, em colaboração estreita com os nossos clientes, melhorámos e expandimos os nossos serviços. Para ir ao encontro dos desejos das transportadoras, dos fornecedores de serviços e dos fabricantes de pneus, a ITB tornou-se especialista na gestão de carcaças de pneus. Graças ao sistema Casing Monitor, podemos garantir uma recolha e uma avaliação independente e profissional das suas carcaças de pneus de camiões, veículos agrícolas e de terraplenagem. Todos os anos, os nossos inspectores certificados recolhem e avaliam mais de 150 000 carcaças de pneus. Também é possível fazer inspecções no local. Vá a www.casingmonitor.com para obter mais informações sobre o nosso método de trabalho e as técnicas que usamos.

A ITB é uma empresa familiar centrada no cliente. Para nós, conceitos como linhas de comunicação rápidas, compromisso e assistência pessoal são fundamentais. Aspiramos constantemente à inovação e aos melhoramentos. Isso é um requisito, já que, e em particular no sector dos pneus, a estagnação é sinónimo de retrocesso.

Nas nossas instalações em Moerdijk, província de Brabante do Norte (Países Baixos), temos capacidade para armazenar temporariamente mais de 20 000 pneus. É uma localização central entre Roterdão e Antuérpia.

A International Tyre Business B.V. é uma empresa de recolha de pneus acreditada pela VACO (associação comercial para o sector de rodas e pneus nos Países Baixos) e pela Recytyre (uma organização belga de pneus usados).

A ITB é parceira da Casing Monitor. Para mais informações, vá a www.casingmonitor.com.